sábado, 7 de março de 2009

Chega de viver entre o medo e a raiva! Se não aprendemos a viver de outro modo, poderemos acabar com nós mesmo. É preciso começar a trocar carícias, a proporcionar prazer, a fazer com o outro todas as coisas boas que agente tem vontade de fazer e não faz, porque " não fica bem " mostrar bons sentimentos! No nosso mundo negociante e competitivo, mostrar amor é... um mau negócio. O outro vai aproveitar, explorar, cobrar...
Chega de negociar com sentimentos e sensações. Vamos nos forçar positivamente
Vamos Viver com mais precisão, porque cada minuto é passado e o passado será sua história no amanhã.

17 comentários:

Bruúh disse...

Perfeitoo! *--*

Amanda disse...

Ficoou liindo aqeê (ll'

Vinícius Aguiar disse...

Adorei a surpresa da sua visita, e adorei mais ainda a racionalidade e inteligência das suas palavras! Voltarei sempre, está linkada!
Beijão!

Mariana disse...

Qause nao achei seu texto, pq seu layout desconfigurou aqui no meu navegador.

Concordo quando vc diz que nao é bom negociar sentimentos. Medo e raiva são sentimentos que estão inerentes ao ser humano. Sentiremos, é fato. A diferença é como manejar as reaçoes advindas deles...


Beijos..


Obrigada pela visitaa!!!

Camilla disse...

Oi Laura. Obrigada pela visita primeiramente. Tb vou te linkar.

Nossa, belíssimas palavras como disse meu namorado aí em cima. rsrs

Está certíssima, eu também penso isso constantemente. Preciso aprender a lidar com meu medo, que ultimamente vem de maneira desenfreada. Se não aprender, como vc mesma disse, acabarei comigo mesma.

Beijão e mais uma vez obrigada!
Até logo.

Naty disse...

Oi!
Adorei este post e aguardo ansiosamente o proximo. Vc tem potencial!
^^

Nathália disse...

Se nos tocássemos mais e fossemos mais verdadeiros no que sentimos, acredito que muita coisa mudaria pra melhor.

Beijo!

Camila disse...

Pensamento ótimo.
ANotarei.

Um beijO e obrigada pela visita. Gostei imenso de encontrar seu pensamento soltos.

BeijO

BBB GLS VIRTUAL disse...

muito bom o blog

☆.☆Green Hair☆.☆ disse...

obrigada pela sua visita!
sou umas dessas pessoas que vive entre o medo e a raiva...

aliás sou uma dessas pessoas que vive tudo constantemente...

parabens pelo texto! mto bom!
está linkada!

bjo...

Talita S. disse...

E que faz nossa história somos nós.

;*

Jana Cambuí disse...

Concordo plenamente. O sentir é algo maravilhoso, é essa talvez a essência de existir; não vale à pena deixar as experiências de lado por medo ou morais construídas por meio de preconceitos e tendências.

Obrigada pelo comentário e pela "linkagem" do Infinito!
Voltarei aqui mais vezes!

Solange Maia disse...

Laura,

Que tal começarmos por nós mesmos ?

Obrigada pela visita lá no "Eucaliptos"... fiquei feliz, feliz...

Beijo carinhoso,

Solange

http://eucaliptosnajanela.blogspot.com

Vinícius Aguiar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
sthe disse...

no-fa, fiquei pasma com esse post, adorei muuito serio. estou nesse palco social praticamente 24 horas por dia, e so as evzes consigo me libertar dele. o medo atrapalha tudo, ate as tentativas de melhorar. espero que eu consiga vencer o medo, ou que ele ofereca uma tregua pelo menos, mas esse post ajudou bastante. e repito o que eu ja disse: vs escreve super bem, por favor continue a exercer esse dom. bjs, sthe :* obs: estou sem acentos e cedilha, entao perdoe meus errinhos ehe, :)

Cris (a senhorita) disse...

Muito legal o seu blog, seu texto também está ótimo! Adorei! Tudo muito lindo e bem feitinho parabéns!

poeTIZA :) disse...

Ei flor
retribuindo aqui a visitinha no meu blog
Belo post e belo blog
adorei o seu template

parabéns

Há mais pontos sensíveis no nosso corpo do que estrelas num céu invernal.